Mesmo com prejuízo, Petrobrás continua gerando caixa e pagando dívidas

plataforma petrobras

Os resultados operacionais e financeiros registrados pela Petrobrás no primeiro trimestre do ano apontam que a empresa continua resistindo à crise econômica que afeta a indústria petrolífera em todo o mundo. Apesar de registrar um prejuízo líquido de R$ 1,25 bilhões, a Petrobrás conseguiu transformar os prejuízos operacionais do quarto trimestre de 2015 em lucro operacional de R$ 8,1 bilhões.

A empresa também fechou esse primeiro trimestre de 2016 com R$ 77,7 bilhões em caixa, quase o dobro dos valores acumulados no mesmo período do ano passado, quando registrou R$ 44,2 bilhões em caixa. Outro sinal positivo é que a Petrobrás reduziu drasticamente os impairments, ou seja, as baixas contábeis por perdas nos valores de ativos e de investimentos.

“O principal motivo para o prejuízo apresentado pela Petrobrás está na maior despesa com juros, variações monetárias e cambiais, de cerca de R$ 9,6 bilhões”, explica o economista do Dieese e assessor da FUP, Cloviomar Cararine, em Nota Técnica que analisa os resultados divulgados pela empresa. Outros fatores que também impactaram negativamente as contas da Petrobrás no primeiro trimestre do ano foram a queda de 8% na venda de derivados de petróleo no mercado interno e a redução de 7% na produção de petróleo e gás natural.

Fonte: FUP