ABSURDO: Trabalhadores da Refinaria Abreu e Lima são obrigados a desembarcar das vans no meio de uma rodovia, em plena madrugada

charge_escravo

Não tá fácil!

Não é de hoje que os trabalhadores da Refinaria Abreu e Lima estão passando por dificuldades. Após alguns funcionários terem suas vidas expostas no dia 30/05 em um assalto dentro de uma das vans, onde ficaram com arma de fogo apontadas para as próprias cabeças, outros tiveram que passar pelo inescrupuloso constrangimento de serem obrigados a descer das vans em plena rodovia às 02:00 da manhã , por ordem dada por algum gestor da Refinaria, fato ocorrido no dia 03/06/17.

Quem deu a ordem para expor trabalhadores à riscos iminentes à vida?

Os 08 trabalhadores que sofreram esse ASSÉDIO se encontravam mobilizados justamente contra a insegurança das vans. Mas a ‘in’gerência da Refinaria achou pouco e ordenou que os mesmos desembarcassem das vans no trajeto de retorno para suas residências e ficassem jogados à própria sorte na madrugada no meio do nada.

Prática totalmente contraditória com a teoria. Esses mesmos que se julgam ‘gestores’ exigem dos demais trabalhadores leituras e aplicação de tantos procedimentos, Regras de Ouro, SGSO, Padrões e Código de Conduta. Os que obrigam são os primeiros a DESCUMPRÍ-LOS.

Qual Regra de Ouro foi descumprida ao ordenar o desembarque dos trabalhadores?

Ou Regra de Ouro só SERVE pra peão?

Importante ressaltar que a categoria se encontra mobilizada, aprovada através de Assembleia, contra a insegurança e a vulnerabilidade deste modelo de transporte, como também pela forma de retaliação aplicada pelos gestores da Refinaria Abreu e Lima que simplesmente rasgam todos os princípios éticos, morais e de relações de trabalho.

O Sindipetro-PE/PB está procurando meios para reparação desse ASSÉDIO e de por fim à outras práticas anti-sindicais promovidas pela gestão da Refinaria. A entidade não descansará até que os trabalhadores da RNEST possam trabalhar em um ambiente seguro.

MEXEU COM UM, MEXEU COM TODOS