Petroleiros conscientes da Refinaria Abreu e Lima, vão à Delegacia em defesa da vida

WhatsApp Image 2017-06-20 at 10.01.35

No dia 20 de junho, aproximadamente 35 trabalhadores da RNEST, foram a 42ª Delegacia de Polícia, em Ipojuca-PE, acompanhados do Coordenador Geral do Sindipetro-PE/PB, Rogério Soares Almeida e do advogado do Sindipetro-PE/PB, Dr. Caio Godoy, para fazer um Boletim de Ocorrência contra os Gestores da RNEST por colocarem as vidas de todos os trabalhadores em risco devido à redução do número mínimo.

O intuito desta ação é salvaguardar todos os trabalhadores que laboram no interior na refinaria, como também o entorno dela.

A redução do número mínimo e, consequentemente de postos de trabalho na Operação, constitui um risco às instalações e sobretudo à vida, pois precariza o funcionamento deste complexo industrial, devido ao fato de permitir que unidades de processo, que operam com produtos altamente perigosos, funcionem com quadro reduzido de trabalhadores do dia para a noite.

Isso é um DESRESPEITO à vida e à comunidade. É uma completa IRRESPONSABILIDADE.

Um DESCUMPRIMENTO explícito da Claúsula 91 do nosso ACT.

Artigo 132 do Código Penal – Expor a vida ou a saúde de outrem a perigo direto e iminente: Pena – detenção, de três meses a um ano, se o fato não constitui crime mais grave.

 

BO Folha 3